7

Depois de ler a pergunta do nbro fiquei na dúvida se em pt-PT se é correto escrever facto e/ou fato.

Fui fazer uma pesquisa no site e descobri a resposta do Jacinto Quando “facto” passou a ser “fato”? e pensei, ok continua-se a escrever facto em pt-PT ao qual a resposta Concactenar ou Concatenar? confirmou.

Mas uma pequena pesquisa no google deixou-me confuso sobre o uso de facto em pt-PT: Novo acordo. Duplas grafias, facto, factor, etc..

Pode parecer que as fontes citadas esclarecem bem o assunto, mas eu fiquei na dúvida se em pt-PT se pode escrever facto, fato ou os dois?

É por causa de se pronunciar o "c", por causa da confusão com fato (de vestir) ou os dois?

5

Pelo novo acordo, as duas :)

De acordo com o dicionário Priberam Fato, em Portugal, é um terno.

fa·to (origem duvidosa, talvez do árabe hatu, peixes, cardume)

Conjunto das peças de roupa. = VESTUÁRIO

Fato, no Brasil, é um facto (evento) em Portugal.

fac·to |ct|

(latim factum, -i, aquilo que se fez, façanha, proeza, acto)

Facto não existe no Brasil. O novo acordo vem aceitar as duas formas para designar um evento mas é importante respeitar a regionalidade: Em Portugal, facto, no Brasil, fato.

Já se a palavra for usada com o sentido de terno, deve sempre ser usada como fato já que facto é sempre um evento.

| improve this answer | |
  • Creio que a página do Priberam com a diferença entre os dois é suficiente – Eduardo Fernandes Aug 8 '16 at 16:10
  • Fato é terno e facto é fato; porém creio que a diferença de grafia reflete uma diferença de pronúncia. – Luís Henrique Aug 8 '16 at 18:04
  • 1
    Em Portugal pronuncia-se o C para um evento, no Brasil nunca se pronuncia o C – Eduardo Fernandes Aug 8 '16 at 20:37
3

As palavras facto e fato são um caso de dupla grafia, mas simplesmente porque possuem a mesma semântica. A dupla grafia não implica que ambas as formas possam ser usadas tanto no português de Portugal como no português do Brasil. Tal como indicado na resposta do Eduardo Fernandes, deve-se na mesma respeitar a regionalidade: em Portugal o c em facto é pronunciado, enquanto que no Brasil não é, ficando fato.

O Vocabulário Ortográfico Português (VOP) do Portal da Língua Portuguesa esclarece logo esta situação e muitas outras. Ao entrar no site verão a barra de pesquisa do VOP no canto superior direito. Pesquisando por facto, é indicada a variante do acordo ortográfico "fato" (está em "variante AO"). Em fato, observamos a seguinte nota: "Enquanto variante AO, esta forma apenas é aceite no Brasil."

O VOP permite pesquisar por todos estes casos mais bicudos. Por exemplo, o mesmo se aplica a contacto e contato, onde muitos portugueses erradamente acabam por escrever contato. Como o c é pronunciado no português de Portugal, deve-se continuar a escrever contacto.

| improve this answer | |
1

As duas grafias estão corretas, segundo o acordo ortográfico ( alínea c) da Base IV ). Respeitando-se a pronúncia do local. No Brasil, na norma culta, utilizamos facto como estrangeirismo do latim, "de facto", ou em "ipsu facto" ("Fulano cometeu o crime, de facto"). Ou seja, é uma expressão jurídica. Não utilizamos "contacto", por exemplo, mas muitas pessoas usam contactar e até contacto, por aqui. Fato, em Brasil, também pode significar vísceras de animais, como bois e porcos. Em especial, nas regiões nordestinas. Coisa que não levaram em consideração enquanto elaboravam o acordo.

| improve this answer | |

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.