3

O site soportugues.com.br escreve aqui que

Se o verbo não estiver no início da frase, nem conjugado nos tempos Futuro do Presente ou Futuro do Pretérito, é possível usar tanto a próclise como a ênclise.

Mas o que acontece se o verbo não estiver no ínicio da frase, mas sim, conjugado no futuro?

Qual a frase correta aqui:

Eles convidar-me-ão para a festa.

ou

Eles me convidarão para a festa.

  • 1
    Lê a frase da citação assim: Se o verbo não estiver NEM no início da frase, nem conjugado (...) no futuro, [etc]. A tua dúvida mantém-se? – ANeves Jul 28 '16 at 18:12
  • @ANeves, eu acho que sim. Daí será "Eles convidar-me-ão para a festa." Certo? – Akitirija Jul 28 '16 at 21:48
  • 2
    No português brasileiro, pode considerar que nunca se usa a mesóclise na fala, e mesmo na escrita culta ela costuma ser evitada quando possível. – bfavaretto Jul 29 '16 at 1:19
  • Em Português de Portugal consideraria certa apenas a primeira opção – Duarte Farrajota Ramos Jul 29 '16 at 3:44
  • Em pt-BR "Eles convidar-me-ão para a festa" (errado), pois usa-se a mesóclise quando não há pronome antes do verbo "Convidar-nos-ão para a festa". – André Lyra Aug 1 '16 at 14:14
2

No Brasil, a primeira construção, com a mesóclise, é inaceitável no coloquial, e aceitável, porém não preferível, no padrão. Diríamos antes "Eles vão me convidar para a festa". (Ou, mais escorreitamente, "Eles vão-me convidar para a festa", que é horroroso, mas é como manda a Dona Gramática Normativa, empunhando, ameaçadora, a palmatória.)

A segunda construção é inaceitável no padrão, e eu diria que muito duvidosa no coloquial. Parece alguém tentando usar o padrão onde o que cabe é o uso do coloquial - e fazendo-o de forma equivocada, ainda por cima, o que aponta para algo semelhante a esse bicho-papão da língua, a hipercorreção... De novo, creio que o uso preferido/preferível é com o futuro composto, com o verbo "ir" de auxiliar: "Eles vão me convidar para a festa" (E mandamos Dona Gramática Normativa e seu maldito hífen às favas; aqui no coloquial, como em Grândola, quem manda é o povo!).

(O @bfavaretto disse basicamente a mesma coisa em menos palavras no comentário acima.)

  • 1
    Eu uso muitas vêzes a mesóclise do primeiro exemplo em pt-BR quando quero dar ênfase ou tem tom de brincadeira com meus familiares e amigos. Com estranhos certamente soaria pedante. Conheço também muita gente bem letrada que faz o mesmo, usar um vocabulário ou construções bizarras para fazer piada. – Centaurus Jul 31 '16 at 1:13
  • @Centaurus Dizeis a verdade; sói ocorrer amiúde. Mas aí acho que sai um pouco do registro coloquial e vai para o poético/literário (e tem de terminar na primeira gargalhada, caso contrário pode virar fiasco). – Luís Henrique Jul 31 '16 at 10:31
  • Em "Eles me convidarão para a festa", o pronome "Eles" não puxa o "me" para perto dele? Quanto a "Eles vão-me convidar para a festa", não entendi, você queria escrever "Eles vão convidar-me para a festa"? – André Lyra Aug 1 '16 at 14:18
  • @AndréLyra - não, definitivamente o "eles" não "puxa" o pronome clítico. Ao que ao saiba, as únicas palavras em posição de sujeito que atraem o clítico são pronomes indefinidos, do tipo "alguém", "ninguém", "algo", etc. (Mas esse raciocínio é mais válido para o português europeu, onde de fato a ênclise é a norma, mesmo no coloquial. No Brasil, a norma parece ser a próclise.) – Luís Henrique Aug 1 '16 at 15:30
  • 1
    Em pt-BR "Eles me levarão" é correto, errado seria "Eles levarão-me", é mais correto mas sem nenhum uso "Eles levar-me-ão" . "Os pronomes indefinidos e relativos e as conjunções subordinativas, palavras de valor negativo, Advérbios de um modo geral atraem o pronome". Eu pensei no pronome 'eles' puxando o obliquo pois é o uso comum no Brasil, mas aceita-se "Ele se manteve / manteve-se", tanto faz. – André Lyra Aug 1 '16 at 18:20

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.