1

Estou lendo sobre a colocação dos pronomes oblíquos nas locuções verbais aqui, e li as frases:

Ia-lhe dizendo o que aconteceu.

É possível traduzir esta frase para inglês? Qual seria a diferença entre ela e

Ia-lhe dizer o que aconteceu.

5
  • Você quer respostas só em português do Brasil? Ou também está interessado em português de Portugal? Em Portugal, as frases são muito diferentes; mas creio que no Brasil não.
    – ANeves
    Jul 28 '16 at 14:19
  • Eu seria (estaria?) muito grato por respostas sobre português de Portugal também.
    – Akitirija
    Jul 28 '16 at 17:23
  • 1
    («Ficaria muito grato», como "I would become very grateful".) Ok, então se tiver tempo vou ver se respondo com a versão portuguesa. :)
    – ANeves
    Jul 28 '16 at 18:14
  • @ANeves - No Brasil essas frases são diferentes, embora eu não saiba se a diferença é a mesma que existe em Portugal. No Brasil a segunda frase implica intencionalidade, enquanto a primeira a exclui: Ia contando o segredo a ela, quando percebi que ela não era iniciada. Ia contar o segredo a ela, quando o José apareceu e tive de me calar. Jul 29 '16 at 9:36
  • Eu sei que é a regra, mas a grafia "ia-lhe contar" me irrita profundamente. Afinal, eu não ia a ela para contar, eu ia contar para ela, portanto o pronome se vincula ao verbo principal, não ao auxiliar. Qual a razão por que se consagrou como norma algo tão contra-intuitivo (e impopular)? Jul 29 '16 at 9:39
5

Pelo menos em Portugal, as frases têm significados diferentes.
A primeira pode até ter duas interpretações diferentes, dependendo do contexto.

Interpretação

A primeira frase, Ia-lhe dizendo o que aconteceu., pode ter dois sentidos:

  1. «Quase lhe dizia o que aconteceu» / «Quase que lhe contei o que se passou.» - este sentido tem uma conotação de algo que acidentalmente quase foi feito.
  2. «Foi-lhe dizendo o que aconteceu» - este sentido tem uma noção de ato continuado.

A segunda, Ia-lhe dizer o que aconteceu., tem outro sentido diferente:

  1. «Estava prestes a contar-lhe o que aconteceu» - pretérito perfeito de contar, tem o sentido de "vou-te dizer o que aconteceu", mas no passado.

Tradução

Eu traduziria estas 3 interpretações assim:

  1. I almost told her what happened.
  2. I was telling her what happened.
  3. I was going to tell her what happened.
3
  • 1
    What about "Fomos de trem, eu e Fernanda, e eu fui lhe contando tudo o que havia acontecido durante a viajem". Would you translate as "and I told her everything...."?
    – Centaurus
    Jul 31 '16 at 1:06
  • @Centaurus hmm... maybe, yes. :( But that translation loses some of the meaning, the part of gradually telling it: the translation back to Portuguese would be "fomos de trem, eu e a Fernanda, e eu contei-lhe tudo o que aconteceu durante a viagem". I will consider this, but I feel that your comment is important to include in the answer.
    – ANeves
    Jul 31 '16 at 13:12
  • Yes, I agree. It loses the part of gradually telling it. I wonder if someone could come up with a better translation.
    – Centaurus
    Aug 1 '16 at 0:23
4

Em Português de Portugal o gerúndio é por vezes utilizado para dar a entender uma certa duração, ou de um processo que está ainda a decorrer.

Dessa forma eu traduziria a primeira frase para o Inglês

Ia-lhe dizendo o que aconteceu.

como "I was [in the process of] telling her what happened"

enquanto que a segunda frase

Ia-lhe dizer o que aconteceu.

como "I was going to tell her what happened" mais num sentido de "I was about to tell her what happened"

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.