7

Dizemos, “não meta o bedelho onde não é chamado”, ou seja, ‘não se intrometa onde não é chamado’.

Dicionário Aulete
Meter o bedelho (em)
1 Intrometer-se sem ser chamado (em conversa alheia, discussão etc.)

Dicionário Priberam
Meter o bedelho
• [Informal] Fazer ou dizer algo relativamente a alguma coisa ou a alguém que não lhe diz respeito. = INTROMETER-SE

É interessante que a palavra "bedelho" é definida pelos dicionários como tranca ou ferrolho de porta. Assim, não existe uma lógica direta com a expressão.

Qual é a origem da expressão "meter o bedelho"?

2

Bedelho é também um trunfo pequeno nos jogos de cartas (Aulete 3), e creio que foi desta aceção que surgiu a expressão meter o bedelho. Em primeiro lugar, esta aceção parece ser a mais antiga. O primeiro dicionário a incluir a aceção ‘tranqueta’ é o de Cândido de Figueiredo de 1899, enquanto que a aceção ‘trunfo pequeno’ e, implicitamente, a expressão meter o bedelho já aparecem em 1712 no Vocabulario Portuguez e Latino de Raphael Bluteau:

enter image description here

O dicionário de Moraes da Silva de 1789 dá a bedelho também o significado figurado de «homem de pouca autoridade», o que está de acordo com a ideia de ‘trunfo pequeno’. Estes significados sugerem uma possível origem para meter o bedelho. Se alguém intervém num assunto alheio, mas tiver alguma coisa importante e relevante a dizer, a intromissão será compreendida e até apreciada. Mas intervir num assunto alheio, sem autoridade para o fazer nem nada de importante a contribuir seria como jogar um trunfo pequeno: a sua intervenção teria pouco valor, como um bedelho no jogo de cartas; a pessoa poderia até dar-se mal, por haver outro que tivesse um ‘trunfo maior’.

Esta parece ser a interpretação de meter o bedelho no Thesouro da Lingua Portugueza de Domingo Vieira de 1871:

BEDELHO, s. m. Em jogo de cartas, o trunfo pequeno. — Na locução famíliar, bedelho, homem de pouca autoridade.— Metter o bedelho, interromper a conversação, com dito que não merece auctoridade.

Esta ideia, que meter o bedelho é intrometer-se sem ter nada de importante a contribuir, transparece também no uso espontâneo (fora de dicionário) mais antigo de ‘meter o bedelho’ que consegui encontrar no Google Books, o poema O Elefante e o Burro de Bocage (1765-1805) incluído em Poesias de Manuel Maria de Barbosa du Bocage, Tomo III, 1853 (ênfase minha):

O Elephante, e o Burro

No tempo em que inda falavam
Os animaes como a gente,
É tradição que tiveram
Conferencia em caso urgente

O burro, que não sei como
Se introduziu no conselho,
Quis, fingindo-se estadista,
Também meter seu bedelho.

Eis n’um tom, que diferia
Bem pouco do que hoje é zurro,
Foi revolvendo a questão,
Discretou como um burro,

Depois de lhe ter ouvido
Alguns conceitos de arromba,
O carrancudo elephante
Lhe disse, torcendo a tromba:

»Esse tempo, que tens gasto
Inutilmente em clamar,
Insensato, não podias
Aproveital-o em pastar?

| improve this answer | |
  • Interessante a acepção de "bedelho" como "pessoa de pouca autoridade". Teria alguma relação com "bedel" - que é também alguém de autoridade pequena? – Luís Henrique Aug 19 '16 at 12:21
  • @Luis Encontrei um dicionário do século XIX que diz isso mesmo. Agora não sei se ele tinha conhecimento de facto, ou fez uma simples conjetura como tu acabaste de fazer. Eu já me tinha lembrado que 'trunfo pequeno' fosse inspirado no bedel. O bedel, entre outras coisas, podia ser um funcionário na Universidade de Coimbra responsável pela disciplina e marcação de faltas. Estou mesmo a ver os estudantes a inventarem o diminutivo bedelho (faz lembrar fedelho). – Jacinto Aug 19 '16 at 12:38
2

Penso que até tem uma relação bastante directa na medida em que o bedelho (ferrolho da porta) é metido ou enfiado por entre um apertado aro de metal com o objectivo de impedir a abertura da porta, da mesma forma que quem se intromete na conversa alheira se "enfia" figurativamente por entre assuntos apertados que não lhe dizem respeito.

Da mesma forma, o bedelho que impede a abertura indesejada da porta por estranhos, que se intromete na conversa pode involuntariamente impedir a sua natural progressão ou desenvolvimento com a sua intromissão.

| improve this answer | |

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.