5

A frase abaixo é ambígua? Ela causou opiniões divergentes entre meus colegas, então resolvi postar aqui para ver se existe uma boa justificativa para ser ou não ser ambígua.

"O mediador deve permitir que um jogador faça um movimento em até 5 minutos"

Eu entendi que

(1) o jogador deve fazer o movimento em até 5 minutos.

Teve gente achando que

(2) o mediador tem até 5 minutos para permitir que o jogador faça um movimento.

Eu entendo que para cair no caso (2) é necessário colocar uma vírgula após "movimento". No entanto, mais uma vez, não tenho certeza disso.

Reformulando a frase com certeza não gera problemas, como nos dois casos abaixo:

O mediador deve, em até 5 minutos, permitir que um jogador faça um movimento.

O mediador deve permitir que um jogador faça, em até 5 minutos, um movimento.

6
  • 1
    @JorgeB. parece mais ou menos equivalente a "dentro de".
    – ANeves
    May 13 '16 at 12:41
  • 2
    Exatamente, @ANeves. No Brasil é bastante comum o uso de "em até" como equivalente a "dentro de".
    – eightShirt
    May 13 '16 at 22:28
  • 1
    @JorgeB. talvez no máximo (não sei se é usado em pt-PT) também poderia se aplicar a este em até.
    – sumitani
    May 14 '16 at 1:54
  • 2
    "em até" significa "dentro de, no máximo,..."
    – Centaurus
    May 16 '16 at 12:42
  • 1
    os cinco minutos estão muito longe do mediador para gerar tanta ambiguidade May 16 '16 at 17:45
6

A tua interpretação parece-me de longe a mais provável.

Assumo aqui que os movimentos são praticamente instantâneos. Uma das intrepretações (a tua) é esta:

(1) O mediador deve permitir [que um jogador faça um movimento em até 5 minutos]

Tal como Jorge B., também acho muito estranho o uso de em até. Procurei a em textos brasileiros e encontrei frases deste género:

O governo quer aprovar o projeto do rodízio em até três semanas.

Temos aqui aprovar, que é uma culminação, ou seja, um evento breve com um estado resultante, portanto um predicado aspetualmente semelhante a fazer um movimento, pelo menos na minha interpretação destes movimentos. E, nesta frase, em até dá um prazo para determinado evento ocorrer. Assumindo que o valor de em até é semelhante na frase (1), podemos parafraseá-la desta forma:

(2) É permitido o jogador fazer um movimento nos 5 minutos seguintes.

Passemos para a outra interpretação, em que em até 5 minutos é adjunto do predicado da oração matriz:

(3) O mediador deve permitir [que um jogador faça um movimento] em até cinco minutos.

Esta frase tem em si duas interpretações possíveis. Podemos ver permitir como um predicado aspetualmente com duração (a permissão estende-se no tempo):

(4) O mediador permite, durante os 5 minutos seguintes, que o jogador faça um movimento.

caso em que o significado é essencialmente igual a (2). Ou podemos ver permitir como algo pontual:

(5) O ato de dar permissão para o movimento do jogador tem de ser feito no prazo máximo de 5 minutos.

A frase (4) parece ir contra o significado de em até que vimos antes, mas como não estou muito familiarizado com a construção, não posso dizer se (4) está completamente posto de parte.

A interpretação de frase (5), que tem de facto um significado diferente de (2), parece-me bastante improvável. Tu dás algumas razões gramaticais (há posições para o adjunto menos ambíguas, a distância ao predicado com a ausência de vírgula), mas as razões mais fortes parecem-me semânticas.

Aceitando que deve significa tem de, i.e, que a permissão não é discricionária, aceitar (5) é aceitar que regras estabelecem um prazo de 5 minutos para o juiz executar uma ação não discricionária. Não estamos a falar de um prazo para o juiz tomar uma decisão, caso em que poderia precisar de tempo. Parece-me, portanto, bem mais provável que a frase original indique um prazo durante o qual dada ação do jogador é legal.

1
  • Como comentei há pouco, você pode tratar "em até" como sinônimo para "dentro de".
    – eightShirt
    May 13 '16 at 22:33
0

Há ambiguidade, mas ela é muito fraca, na minha opinião. Isso se deve ao fato de que "permitir" não é uma ação que possa durar. Você pode "escrever em cinco minutos", mas "permitir em cinco minutos" é meio forçado, pra mim. É simplesmente ou sim ou não e ponto.

Só é possível existir uma ambiguidade aí se a pessoa entender "permitir" como "decidir". Aí sim o mediador poderia "decidir em 5 minutos".

1
  • 1
    O -1 não é meu, mas creio que a ambiguidade principal não é essa. É entre «em até 5 minutos» se referir à permissão ou à execução movimento. Se a permissão durar 5 minutos, isso é equivalente a haver uma permissão para executar o movimento em 5 minutos, por isso é ambiguidade estrutural, que é a que referes, desemboca no mesmo resultado.
    – Artefacto
    May 16 '16 at 22:30

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.