7

No Brasil usa-se os termos duplex e triplex para se referenciar um apartamento de 2 ou 3 andares, respectivamente. Recentemente estas palavras tiveram um grande destaque na mídia, mas era comum ver repórteres pronunciando dúplex (ou tríplex) enquanto outros falavam duplex e triplex.

Estranhamente o Priberam apresenta as 2 pronúncias para duplex com o significado de apartamento de 2 andares. Já o Michaelis possui entradas para dúplex e duplex e em nenhuma cita o significado de apartamento duplo.

2
  • Em Portugal, ouvi sempre como oxítonas. – Artefacto Apr 21 '16 at 12:55
  • Idem, idem, aspas, aspas, mas parece que o original é dúplex. – Jacinto Apr 21 '16 at 13:04
6

Basicamente a pronúncia original é dúplex e tríplex, e o pessoal a certa altura mudou para duplex e triplex. Eis o que diz o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (com algumas das abreviaturas desabreviadas por mim):

duplex forma não preferida e mais usual que DÚPLEX (‘construção’) ● USO o emprego consagrou a forma oxítona com 2 números

dúplex 1 numeral multiplicativo (adj.2g.) multiplicado por dois; dúplice ▪ adj.2g.2n.s.m.2n. [...] 4 que ou o que se construiu com dois pavimentos <casa dúplex> <comprou um dúplex de frente para o mar> → forma não preferida e mais usual: duplex 5 LITURGIA CATÓLICA relativo a ou o cerimonial a que corresponde, na missa e no ofício divino, uma música própria tradicionalmente conservada no canto gregoriano [...] ● USO o emprego consagrou a forma oxítona com 2 números (o plural culto seria dúplices, jamais empregue no sentido de ‘apartamento dúplex’, ‘casa duplex’)

Ora o que acontece é que dúplex é uma palavra antiga: antes de se aplicar a apartamentos já tinha outros significados, nomeadamente o 5 do Houaiss. O Aulete expande este significado e indica também convento dúplex, que tem religiosos dos dois sexos, e cita Almeida Garrett em As viagens na Minha Terra (um granda pincel que eu tive que ler na escola) na sua edição de 1883 (ênfase minha):

A milagrosa Santa Iria ― Santa Irene ― que deu o seu nome a Santarém, donzela nobre, natural da antiga Nabância, e freira no convento dúplex beneditino que pastoreava o santo abade Célio, floreceu pelos meados do sétimo século.

A história é basicamente a mesma para tríplex e triplex. Nomeadamente o Houaiss tem exatamente as mesmas notas relativamente ao uso.

No Google Books, as primeiras referências a apartamentos duplex aparecem nos anos sessenta; e é sempre duplex e não dúplex. E este padrão, nos outros significados da palavra, já vem pelo menos dos anos quarenta. Antes, não dá para ver: encontro duplex e não dúplex, mas em textos que também têm ordinario, seculo, etc.― ainda não se usavam sistematicamente, no Brasil especialmente, acentos para indicar a sílaba tónica. Depois, é já na presente década que se começa frequentemente a ver dúplex. Há no entanto alguns exemplos anteriores. O primeiro que encontrei é de 1984, na revista brasileira Visão nº 36-44, p. 50: enter image description here

Face à existência destas duas formas, cada dicionário adotou a sua estratégia. O Houaiss tem também na entrada dúplex os significados que aparecem em duplex no Michaelis. Se digitares duplex no Aulete, aparece-te imediatamente dúplex; A Infopédia tem duplex, mas manda-te ver dúplex; e o Priberam, menos sentencioso, simplesmente apresenta as duas formas, sem as explicações do Houaiss.

Portanto, estás à vontade para usar a forma mais consagrada pelo uso popular ou a forma original. Neste último caso poderás depois ter de dar explicações.

3
  • Interessante que o Aulete menciona (Bras.) Diz-se dos apartamentos de dois pavimentos. [Pronuncia-se erroneamente como oxítono.]), dando a entender que a forma correta seria a paroxítona, provavelmente tendo como razão o uso anterior da palavra. BTW (aliás, existe um equivalente em português para _BTW (By The Way)?), fazia tempo que não ouvia pincel nessa acepção_ que usaste. – gmauch Apr 22 '16 at 3:26
  • É, o Aulete é coerente com o Houaiss. Foi até pelo Aulete que eu comecei. Citei o Houaiss por ser mais completo quanto à evolução da palavra. Também prefiro a expressão menos contundente não preferida do Houaiss ao erróneo do Aulete. Dizer que duplex é erróneo baseia-se em critérios históricos, que muita boa gente não aceita. Quanto ao BTWAsk Question – Jacinto Apr 22 '16 at 9:09
  • @gmauch Adicionei mais informação: a forma duplex já vem pelo menos dos anos 40, e houve e esse ressurgimento de dúplex que tu notaste também transparece no Google Books. – Jacinto Apr 22 '16 at 17:24

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.