8

Ao ouvir hoje esta canção dei-me conta de uma coisa que eu sempre soube mas a que nunca prestei atenção: uma peneira é no seu sentido primário uma espécie de crivo (ver figura à esquerda), mas no plural, peneiras, parece-me que não no Brasil, significa vaidade. Um peneireiro pode ser alguém que faz ou vende peneiras; mas pode também ser uma de várias espécies de falcão.

Ora como é que o nome dum utensílio para, bem, peneirar, veio a significar vaidade, supondo que foi esse o percurso? E como é a ave de rapina veio a partilhar o nome com quem faz peneiras?

enter image description here

  • As tuas peneiras da foto são peças de museu ? (rs) – Centaurus Mar 3 '16 at 21:29
  • 1
    @Centaurus Imagino que sim. Já ninguém peneira coisa alguma. Eu venho de uma família de agricultores, e quando era criança tínhamos em casa uma muito parecida com a da esquerda. Ainda me lembro de a usarmos para separar o feijão da palha. – Jacinto Mar 3 '16 at 21:43
  • Ainda peneiramos aqui em casa. Na cozinha, a cozinheira faz uso de uma peneira ou um coador com relativa frequência. – Centaurus Mar 3 '16 at 23:45
  • 1
    Jacinto, não sei se estou certo ou errado, mas na minha cabeça um coador é usado para separar sólidos de um líquido. Já a peneira pode ser para qualquer coisa, separar partículas maiores de partículas menores, peneirar só um tipo de pó para que ele fique bem solto (ex, açúcar ou areia usada na construção) ou separar sólidos de líquidos. – Centaurus Mar 4 '16 at 1:20
  • 1
    @Centaurus as peneiras do Jacinto (heh) têm um aspeto miserável, de facto; mas em casa da minha avó há uma igualzinha à da esquerda, por isso não são necessariamente «de museu». – ANeves thinks SE is evil Mar 4 '16 at 12:29
2

Peneireiro (falcão)

A meu ver, o peneireiro chama-se assim pelo seu hábito de “permanecer voando parado sobre determinado ponto no solo” (Wikipédia). A isto chama-se peneirar (Michaelis 7), provavelmente pela semelhança com o movimento da peneira ou da pessoa que manuseia a peneira: ao agitar a peneira lateralmente, o corpo da pessoa bamboleia para compensar. Aliás, peneirar significa também ‘bambolear, saracotear’ (Michaelis 4).

Uma coisa que me convence que isto não é mera convergência de palavras de origens diversas, é que a mesma associação existe entre os equivalentes castelhanos. O bicho chama-se cernícalo, que a Real Academia Española (ERA) diz vir do latim “cerniculum ‘criba’", que significa ‘crivo, peneira’. E a técnica de voar parado é cerner (RAE 7), que também significa ‘peneirar (farinha, etc.)’ (RAE 1). O Oxford Spanish Dictionary explica a origem do nome cernícalo precisamente pela “comparação do movimento da ave quando se peneira no ar com o agitar da peneira”; enquanto que este site prefere comparar com “uma pessoa que peneira” (minha tradução em ambos os casos). Na prática, nem fará muito sentido diferenciar os dois movimentos: o movimento do traseiro do peneirador simplesmente contrabalança o movimento da peneira.

Podem ver peneirar um peneireiro aqui e uma padeira aqui.

Peneiras (‘vaidade, presunção’)

Esta aceção de peneiras vem com certeza da expressão ter peneiras nos olhos, que eu não conhecia, mas que vem nalguns dicionários e que significa “[v]er confusamente ou mal, não perceber o que é claro; estar cheio de ilusões” (*Enciclopédia *Brasileira *Mérito, 1967). A aceção ‘vaidade, presunção’ pode vir simplesmente de ‘ter ilusões acerca de si mesmo; pensar que é muito melhor do que realmente é’.

Naturalmente que quem olha através duma peneira não vai ver muito bem. Esta ideia é antiga. Já em 1720, Raphael Bluteau (Vocabulário Portuguez e Latino) regista o adágio “bem cego he quem muito vé por aro de pineira”. Em 1789, António Moraes (Diccionario da Lingua Portugueza regista ver por peneiras, “i. e. obscura, e confusamente”.

Note-se que, tal como no uso atual, já temos aqui peneiras, no plural, possivelmente porque é uma para cada olho. A partir de 1850 passamos a encontrar na imprensa ter peneiras nos olhos, que aparece na Enciclopédia Brasileira Mérito (1967) juntamente com peneiras com basicamente o significado que eu conhecia:

S.f.pl. Bazófia, presunção, febre […] Ter peneiras nos olhos. Ver confusamente ou mal, não perceber o que é claro; estar cheio de ilusões. / Tirar as peneiras de alguém. Elucidar alguém desfazendo-lhe ilusões, fazendo-o ver claro.
Enciclopédia Brasileira Mérito, vol, 15, 1967, mais segundo excerto para completar.

A associação mais clara que eu vi entre ter peneiras nos olhos e peneiras enquanto ‘presunção’ foi num artigo sobre tradições dos Açores:

[…] a um indivíduo todo baboso e presunçoso diz-se ter peneiras ou andar com peneiras nos olhos.
Ferreira Moreno, “Recordando Peneiras”, Portuguese Times, New Bedford, Mass., 11 de junho de 2014, p. 26.

Mas já em meados do século XIX se encontram usos da expressão que prenunciam o significado ‘presunção’, como por exemplo nesta notícia que reproduz algumas coplas da comédia Olho vivo! Companhia de seguros contra as peneiras nos olhos (negrito meu)

Vêde o velho, por falta de tino,
Que aos oitenta a casar ainda vem,
Se depois diz que é pai do menino,
É peneira nos olhos que tem.

A beata que d’homens se espanta,
Que aos devotos sómente quer bem,
Quando julga que passa por santa
Tem peneira nos olhos tambem.

O safado orador que se mata
Sem chamar a attenção de ninguem,
Quando pensa ter lingua de prata
É peneira nos olhos que tem.
“Correspondência do Diario Lisboa, 13-4-1854”, Diario do Rio de Janeiro, 10 de maio de 1854, p. 1.

| improve this answer | |
2

Por todas as voltas que esta pergunta já deu e porque ninguém mais parece querer pegar nisto, reformulo o que pude apurar.

DISCLAIMER: As fontes que encontrei são escassas e há um certo obscurantismo sobre a origem de alguns dos termos indicados, ainda assim, penso ser válido estabelecer algumas relações de causalidade.

Então, sobre peneira:

Definição [Priberam]:

Espécie de caixa circular com fundo de seda, crina ou palhinha entrançada para joeirar farinha ou outras substâncias.

Etimologia:

  • É obscura de acordo com o Priberam, mas uma pesquisa no Google parece indicar que a origem será de panaria (cesta, em latim), que por sua vez deriva de panis (pão, em latim).
  • Há um reforço desta ideia expresso no livro De onde vem as palavras: origens e curiosidades da língua portuguesa, por Deonísio da Silva, no que refere a definição de crivo (um sinónimo de peneira) - link Google Books.

Sobre peneiras:

Definição [Priberam]:

[Informal] Demonstração de vaidade ou presunção. = PROSÁPIA

Etimologia:

Uma vez mais, de acordo com o Priberam, não é clara a origem da palavra. Há, contudo, vários indícios que aprecem apontar no sentido de não ter relação com a origem de peneira:

  • Em ornitologia, peneirar é «[a] técnica de caça na qual a ave paira no ar e observa os arredores a procura de alguma presa» - Wiki Aves. Daqui se explicaria o porquê haver aves de rapina, nomeadamente o peneireiro-comum e o gavião-peneira, com nomes comuns que nos remetem para esta etimologia.

Por sugestão do @Jacinto, fica também referência para o Michaelis que relaciona peneirar (vôo característico de algumas aves) com mover-se como quem peneira. Daqui parece uma vez mais haver uma sugestão de relação entre peneirar - forma de se mover - e peneiras - vaidade.

Digo, portanto que o peneireiro (ave) ou o peneireiro (homem que faz peneiras) serão portanto apenas homónimos, que provavelmente tiveram evoluções distintas, quer por via popular, quer por via erudita, sendo que cada uma destas palavras provavelmente originou de raízes distintas.

| improve this answer | |
  • Comments are not for extended discussion; this conversation has been moved to chat. – Jorge B. Mar 11 '16 at 13:50
  • Ficou misturado "peneiras" (vaidade) com "peneirar" (planar em caça). – ANeves thinks SE is evil Mar 11 '16 at 14:09
  • Joum, vê peneirar aqui. É relevante. Já viste alguém a manusear uma peneira? Se não, pega num prato grande (à falta de peneira) com uma mão de cada lado, e movimenta-o repetidamente da direita para a esquerda ou em percurso elíptico, e observa o teu corpo ao espelho.Vê que todos os dicionários dizem que peneirar, em todos os sentidos, vem de peneira + ar. Palavras homónimas de origens diferente aparecem nos dicionários em entradas diferentes exemplo. – Jacinto Mar 17 '16 at 15:30
  • Mas peneira e peneiras também têm entradas diferentes no Priberam, não? Aliás peneiras (plural de peneira) é uma coisa e peneiras (vaidade, etc...) será outra, citando a mesma fonte onde foste buscar o teu exemplo. A mim, faz-me alguma confusão que peneiras no singular não possa ter outro significado que esteja relacionado com pena, peneirar (como as aves), mas a verdade é que não encontro evidências disso. – Joum Mar 17 '16 at 15:38
  • Estava a falar de peneirar no Michaelis, que inclui na mesma entrada os significados peneirar com peneira; saracotear-se, bambolear-se; e pairar (aves). Mas também no Priberam peneiras aparece como significado 8 de peneira; já em pena, encontras pena1 e pena2, com numerações independentes. De qualquer modo, eu quis principalmente chamar a atenção para peneirar no Michaelis, que me parece muito interessante. (na próxima começa o teu comentário com @jacinto para eu ser notificado; para ti não é aqui necessário, porque o autor da resposta/pergunta é sempre notificado.) – Jacinto Mar 17 '16 at 16:16

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.