6

A palavra sal tem um verbo associado, salgar, relativo ao uso de sal tanto para conservar como para tempero. Da mesma forma, a palavra salgado/a define algo que tem sal, podendo ser usado como comparação (algo pode estar mais ou menos salgado que outra coisa). Conheço ainda a palavra salga, o nome da ação de salgar.

Como surgiu a letra 'g' de salga(r) e salgado/a? A palavra sal é a raiz destas palavras, ou existe uma raiz mais antiga que incluía a letra 'g'?

3
  • (Salgar também pode ser deitar sal num terreno para o tornar estéril, p.e. em contexto de guerra medieval.)
    – ANeves
    Feb 26, 2016 at 17:57
  • Sim, @ANeves, disseram-me que também talvez tivesse outro significado no Brasil (alguém confere?)
    – bandrade
    Feb 27, 2016 at 22:20
  • E obrigado, @Jacinto, pela correção.
    – bandrade
    Feb 27, 2016 at 22:21

1 Answer 1

6

Segundo todos os dicionários que consultei, salgar não vem do português sal, mas sim do latim vulgar *salicare (ver Aulete ou Michaelis; o asterisco em *salicare significa que a palavra é conjetural e não atestada). O Dicionário da Academia Real Española indica a mesma origem para o castelhano salgar e salegar. Salgado, salga e salgadeira derivam de salgar.

A passagem do c a g foi relativamente comum na evolução do latim para o português. Por exemplo, praedicare passou a pregar³ (proferir sermões, etc); masticare a mastigar; revocare a revogar. Até mesmo Portugal já foi Portucale. Os sons /k/ (c de cão) e /g/ (g de gato) são muito parecidos: são produzidos com a boca e língua na mesma posição; a única diferença é que a garganta vibra para produzir o /g/, mas não para o /k/ (ver esta pergunta para mais explicações).

8
  • Este processo chama-se "sonorização". Feb 27, 2016 at 21:01
  • @someonewithpc Falas da passagem do /k/ a /g/, certo?
    – Jacinto
    Feb 27, 2016 at 21:29
  • 4
    Quando à queda do i, Carolina Michaëlis de Vasconcellos (sign in necessário para ver texto completo) diz "Icar, muito comum em latim vulgar, fundiu-se também com o tema, por queda do i postónico, sempre que êle terminava em consoante simples. Basta lembrar os verbos salgar, amargar, cavalgar, madrugar, julgar, vingar, outrogar, folgar. Só quando havia consoantes duplas, subsiste a forma -egar, v.g. em carregar < carricare, sossegar < sessicare.
    – Artefacto
    Feb 28, 2016 at 16:51
  • 1
    @bandrade o 3 significa entrada 3 em pregar. Pregar 1 e pregar 2 têm outras origens.
    – Jacinto
    Feb 28, 2016 at 17:20
  • 2
    @bandrade troquei para um 3 em "superscript"; vê se achas claro assim.
    – ANeves
    Feb 28, 2016 at 17:25

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service and acknowledge you have read our privacy policy.

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.