8

O poema "Intimação" de Carlos Drummond de Andrade tem esta estrofe:

Abre em nome da lei.
Abre sem nome e lei.
Abre mesmo sem rei.
Abre, sozinho ou grei.
Não, não abras; à força
de intimar-te, repara:
eu já te desventrei.

Segundo meu dicionário, "grei" é "nação, povo, grupo". O que é "abrir, sozinho ou grei", então? Me parece estranho porque "sozinho" é um adjetivo enquanto "grei" é um substantivo.

Tenho dificuldade também com a sintaxe em "à força de intimar-te"; quer dizer algo como "Já te intimei tantas vezes que ..." ?

Temos aqui o poema completo declamado pelo próprio.

6

A interpretação mais inteligível para mim é:

Abre, tu (que estás) sozinho; ou tu, povo.

Ou seja, neste verso o intimador nomeia o destinatário da intimação: abre, sejas tu um indivíduo ou um grupo.

Consultei vários dicionários, e mesmo o Houaiss e o da Academia das Ciências de Lisboa definem grei apenas como substantivo, com os significados que encontramos nos dicionários online como o Aulete ou o Micahelis, nomeadamente (dicionário da Academia):

s. f. (do latim grex, gregis ‘rebanho’). 1. Rebanho de gado miúdo. 2. Conjunto de fieis de uma paróquia ou diocese. 3. Conjunto dos membros de um partido ou sócios de um grémio ou associação. 4. Conjunto dos cidadãos de uma mesma nação ou país. 5. Desusado Conjunto dos súbditos do rei, o seu povo.

Portanto não vejo como interpretar grei a não ser como substantivo com o significado de conjunto de pessoas. A questão reduz-se então a interpretar sozinho como indivíduo. A frase abre, tu sozinho ou grei é gramatical: abre, sejas tu uma pessoa só ou uma grei. Sem o tu fica de gramaticalidade duvidosa, mas tratando-se de um poema, temos que aceitar a liberdade poética. Creio que há aqui também uma alusão às expressões sem lei nem rei e sem lei nem grei, (sem lei e sem rei aparecem nos versos anteriores) que significam (Houaiss) sem rumo, por conta do acaso, ao sabor dos ventos, e que neste caso dão uma ideia de arbitrariedade.

À força de significa à custa de, por meio de, mas eu concordo que aqui transmite também uma ideia de insistência.

| improve this answer | |
-3

Isso é uma simples licença poética. Não há porque ficar buscando explicações lógicas.

| improve this answer | |

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.