5

Quero saber o que significa de fato a expressão "no prelo", como e quando devo utiliza-la?

Habitualmente a vejo em citações de artigos, exemplo: De acordo com Silva (2015, no prelo).

1
  • 5
    Ouviste esta expressão em que contexto? Podes citar uma frase? Prelo é a máquina usada para imprimir jornais. Eu sempre ouvi esta expressão como uma notícia que está prestes a ser revelada (pois está no prelo, para sair no jornal). – gmauch Jan 19 '16 at 15:29
8

Prelo é a prensa, a máquina usada para imprimir livros e jornais. No caso específico citado, onde a expressão acompanha um artigo, indica que tal artigo ainda não foi tornado público em versão impressa.

Artigos científicos, que citam outros artigos, costumam ter uma seção bibliografia ao final onde são publicados maiores detalhes sobre cada artigo. Normalmente são incluídos o(s) nome(s) do(s) autor(es), o veículo em que foi publicado (anais de uma conferência, livro, journal, etc.) e a data de publicação. Terias como verificar o que é dito sobre tal artigo no prelo?

1
  • 2
    Na minha opinião, podes tirar o «dá a impressão»: não foi mesmo tornado público. Ou melhor, pode até estar disponível online, mas ainda não saiu em papel; está ainda em impressão, e espera-se que seja publicado em breve. O link na tua resposta inclui «obra no prelo». Muitas revistas científicas disponibilizam os artigos online antes de sair a revista em papel. – Jacinto Jan 19 '16 at 16:24
1

Quando dita de artigos científicos, a expressão no prelo significa que o artigo citado foi aceito para publicação, mas ainda não está publicado no meio impresso, de sorte que o leitor não teria acesso ao artigo diretamente pelo periódico que o aceitou para publicação. É uma extensão por vias metafóricas do que ocorria antigamente, quando o artigo estava literalmente no prelo.

Hoje em dia, contudo, a maioria dos artigos se disponibilizam por meio digital, o que provavelmente fará com que a expressão "no prelo" comece a cair em desuso, uma vez que permite uma ambiguidade: o artigo pode ter sido aceito para publicação e estar em processo de editoração, mas ainda não disponível como online first, como também pode estar disponível como online first, mas ainda não disponível em uma determinada edição da revista com seus respectivos volume e série. O artigo só estará completamente publicado quando tiver edição com volume e série. Antes disso, ele pode ser citado por seu Digital Object Identifier (DOI), mas, embora válida, não seria uma citação completa.

Devido a tais novas possibilidades de citação (além do fato de se poder disponibilizar um pre-print do manuscrito "indexado" em arquivos digitais acessíveis pela web, quando tal manuscrito foi aceito para publicação mas ainda não foi disponibilizado, o que permite citá-lo como referência bibliográfica no escopo da "grey literature"), a expressão no prelo torna-se ambígua e talvez desnecessária para artigos digitais (dado que o tempo de editoração entre aceitação e disponibilização online tem-se tornado cada vez mais desprezível).

Veja a diferença das duas situações (em formato de citação da APA):

  • Aceito, mas apenas disponível como online first:

Bortoloti, R., de Almeida, R. V., de Almeida, J. H., & de Rose, J. C. (2020). A Commentary on the Dynamics of Arbitrarily Applicable Relational Responding Involving Positive Valenced Stimuli and its Implications for the IRAP Research. The Psychological Record. https://doi.org/10.1007/s40732-020-00413-2

  • Publicação completa:

Pinto, J. A. R., de Almeida, R. V., & Bortoloti, R. (2020). The Stimulus’ Orienting Function May Play an Important Role in IRAP Performance: Supportive Evidence from an Eye-Tracking Study of Brands. The Psychological Record, 70(2), 257–266.

No segundo caso, o DOI:10.1007/s40732-020-00378-2 torna-se desnecessário, enquanto que, no primeiro, ele é imprescindível para a citação, pois o único meio de encontrar a referência é online.

Ao meu entender, a abstração metafórica da expressão outrora literal "no prelo" permitiria entender o artigo em alguma destas duas possibilidades: ou no primeiro caso acima apresentado, i.e., online first, ou antes disso, quando ele ainda apenas foi aceito, mas não há qualquer disponibilização e, portanto, forma de acessá-lo. Neste caso em que o artigo apenas foi aceito e nada mais, não seria correto citá-lo. Parece-me que os autores que ainda nos dias de hoje citam no prelo se estão empenhando nesse tipo de atividade; afinal, fosse outro o caso, citariam, ao menos, pelo DOI.

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.