4

O texto abaixo é o relato de uma senhora (1) habitante de Flores, Região Autônoma dos Açores a uma segunda pessoa (2) não identificada. Relato este feito no século XX.

1 "Oh grandeza, elas acartavam sargaço de lá debaixo do calhau, coitadinhas, que era para trazer para o estrume para as terras – está percebendo? –, para botarem nessas terras mais aí em baixo do Moldinho. Que o sargaço é estrume bom para batatas!"

2 "É mui bom!"

1 "E havia… Eu dizia: Oh, pobres das mulheres da Fajãzinha, são umas escravas, coitadinhas! O que elas trabalham! Elas 'diam' ao junco para o mato. Elas 'diam' ao leite para o mato – tinham o gado no mato –, era preciso 'dir' de manhã cedo ao leite. A gente…"

2 "Quatro horas, no Verão!"

1 "Às quatro horas, no Verão, que elas 'diam' ao leite! E eu dizia assim: "Jesus, (…) eu nunca queria ser da Fajãzinha"! Mesmo não gostava! Olhe, a gente não pode dizer…"

2 "Foi onde veio parar!"

1 "É verdade! A gente não pode dizer nada neste mundo. (…) E aqui é que estou há quarenta anos!"

Qual o significado de "dir" e "diam"?

  • 1
    Qual é fonte? Parece-me que é "ir" e "iam". – Jacinto Jan 10 '16 at 16:07
5

Dir é a variante local do verbo ir. O diálogo reproduzido na pergunta é parte da recolha de falares regionais feita na Fajãzinha, Flores, Açores, no âmbito do CORDIA-SIN, Corpus Dialetical para o Estudo da Sintaxe, e pode ser ouvido aqui. Está aqui um conjunto de entrevistas na Fajãzinha, que inclui o diálogo reproduzido na pergunta. Dir e suas flexões repetem-se ao longo das entrevistas, e só como ir fazem sentido. A passagem seguinte é muito clara: o inquiridor pergunta se ia, e o informante responde dia:

INQ1: Mas, mas ia-se pondo do lado, era?

INF1: 'Dia-se' pondo de lado. 'Dia-se' pondo a modos de lhe dar o sol para aquecer — não sabe?

Nas passagens seguintes, dir é verbo auxiliar, e só como ir faz sentido:

INF: E 'dia-se' buscar camas de musgo ao mato. 'Dia-se' apanhar musgo no mato — está percebendo?

INF: 'Dia' ordenhar as vaquinhas, que o meu homem não podia — era mui doente. Eu 'dia' ordenhar as vacas duas vezes no dia.

O mesmo se passa nesta passagem:

INF: Diz que as lavandeiras [aves] que quando Nossa Senhora 'dia' para o Egipto e mais o Senhor São José, elas 'diam' escondendo as pegadas. Que foi naqueles anos que o Rei Herodes queria matar o Menino Jesus e elas 'diam' escondendo as pegadas do animal para não 'direm' à procura deles. Nunca ouviram isto?

A passagem seguinte é quase uma repetição da anterior. Mas agora a entrevistada usa também o pretérito perfeito, e temos um foram escondendo em vez do diam escondendo:

INF: Que são as avezinhas de Nossa Senhora. Foram Escondendo as pegadas do animal para não 'direm' ao encontro de onde ele está.

Ao todo contei 65 ocorrências de flexões de 'dir' e duas flexões de ir por parte dos informantes. Não sei se não terá sido quem transcreveu que se esqueceu de do d.

| improve this answer | |
  • Interessante! Esta forma, imagino, originou na península já que dir também é a forma no asturiano (mas não no mirandês, curiosamente) com as formas na primera pessoa de voi, fui, fuera/e, diba, diré, diría, diendo, dío. É curioso que esta forma do infinitivo (com flexões correspondentes) também se conserve nas islas. O pode ser uma inovação lingüística paralela? – user0721090601 Jan 10 '16 at 17:27
  • @guifa Perguntas bem! A escrita na idade média tendia a ser fonética, e eu nunca encontrei dir em textos antigos. Estou mais inclinado para a hipótese de inovação paralela. O d também é muito ténue, quase como o th do there inglês. Vou incluir o link ao audio na resposta. – Jacinto Jan 10 '16 at 17:57
  • Excelente resposta. Parabéns. – Centaurus Mar 28 '16 at 23:53
  • @Centaurus Obrigado. Reparaste que a senhora no «está percebendo» da senhora? Não sabia que tinha resistido nos Açores. – Jacinto Mar 29 '16 at 0:11
  • Jacinto, Não entendi bem. O que resistiu nos Açores? O "está" (terceira pessoa do singular) ou o "percebendo" ? Suponho que o uso da terceira pessoa seja referente a "o senhor/ou a senhora está percebendo?", uma vez que nos Açores não usam a forma "você". – Centaurus Mar 29 '16 at 1:03

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.