12

'Alguma coisa'

A frase acima está entre apóstrofos ou aspas simples?
Qual o correto dizer?

  • 1
    Jedaias, editei a pergunta, pois os dicionários não concordavam comigo :) – bfavaretto Dec 10 '15 at 18:35
9

Neste caso eu chamaria de aspas simples. O que eu considero apóstrofo pode ser visualmente idêntico a elas, mas tem um sentido diferente. Em português, seria usado para indicar que uma palavra foi truncada, como em copo d'água. Acredito que não é só a aparência que define o nome do sinal gráfico, mas também sua função. Como a função é muito diferente, pode ficar confuso usar o mesmo nome para as duas coisas.

Porém, os dicionários discordam de mim. O Aulete (link by @Jacinto) registra:

[após descrever a aparência do sinal na acepção 1]:

  1. Gram. O mesmo sinal, us. para abrir e fechar palavras ou expressões ou frases que representam significados de palavras, expressões ou frases antes mencionadas [Ex.: O termo do tênis e vôlei ace, 'saque que o adversário não alcança', não tem correspondente em português.]

Então seria só para casos em que "representam significados". Já as aspas têm muitos outros usos. E, pelo menos no Brasil, as aspas duplas podem ser convertidas em simples caso uma frase toda seja envolvida por novas aspas de citação.

O Houaiss inclui uma acepção equivalente, porém com a ressalva de que se trata de termo técnico da lexicografia e da linguística. O mais interessante no Houaiss é a nota etimilógica:

lat.tar. apostrŏphos, emprt. gr. apóstrophos, ou 'sinal de elisão, de paráfrase', masc.substv. do adj. apóstrophos,os,on 'que voltou', do v. apostréphō 'voltar, fazer voltar; chamar'; f.hist. 1576 apostropho

O termo vem do grego, passando pelo latim até chegar ao português. Em grego significava sinal de elisão (supressão de letra) ou paráfrase, e era derivado de um verbo que significava "voltar, fazer voltar; chamar". Interessante essa origem, porque todos os significados dicionarizados têm mesmo relação com essa ideia de "retorno" de algo.

| improve this answer | |
  • Eu também acho assim, o que implica que aspas simples vêm aos pares, e o apóstrofo não. Mas o significado 2 do Aulete confunde-me. Mas o Aulete parece ser o único dicionário a incluir esse significado. – Jacinto Dec 10 '15 at 7:43
  • Fiz umas alterações e complementos à luz dos dicionários. – bfavaretto Dec 10 '15 at 18:35
  • Se é assim um termo tão técnico, talvez não valha muito a pena preocuparmo-nos com ele. Eu, escreveria o exemplo do aulete sem esses apóstrofos: O termo do tênis e vôlei 'ace', saque que o adversário não alcança, não (...) Ou então, ace, saque... – Jacinto Dec 10 '15 at 19:09
  • Ah! descobri. Vê no Houaiss o verbete pontuar: ’isto’ são dois apóstrofos; ‘esta outra coisa’ são aspas simples; os dois apóstrofos são iguais; as aspas simples, uma é uma rotação de de 180º da outra. Eu já tinha reparado há muito que o Houaiss punha os signficados (na parte da etimologia) entre dois sinais paralelos, em vez de um ser a inversão do outro típica das aspas, mas pensei que uma mera opção estilística; não é! – Jacinto Jun 20 '19 at 20:44
2

O dicionário Houaiss mostra os vários sinais junto ao verbete pontuação. Então, para que se veja bem:

enter image description here

Os apóstrofos são simplesmente vírgulas elevadas; as aspas simples também, só que a primeira é invertida. É claro que esta diferença desaparece em certos editores de texto, como o do Stack Exchange, em que fica tudo 'assim', a menos que copiem do Word, por exemplo, dando ’isto’ e ‘isto’.

Se tiverem tudo reduzido aos tracinhos verticais, e quiserem dar o nome correto, podem atentar na função, como já explica o bfavareto. Pares de apóstrofos têm apenas um uso, que é assinalar o significado ou aceção de uma palavra. Ilustro com um exemplo do Houaiss (desabreviando algumas abreviaturas):

história […] ETIMOLOGIA grego historía,as ’pesquisa, informação, relato, história’, pelo latim historĭa,ae ’a história, história universal, narração, conto, aventura’

Portanto, entre apóstrofos vêm os significados do grego historía e do latim historĭa. Isto é um uso muito especializado, mas nem é má convenção para se adotar aqui no site. Comparem, “all é ’tudo’ em inglês” e “clareza e concisão é tudo no inglês”.

Já as aspas simples servem para substituir as aspas duplas num texto que já está ele mesmo entre aspas duplas. Por exemplo, suponhamos que eu quero citar o trecho destacado abaixo de Casa-Grande & Senzala de Gilberto Freyre:

enter image description here

Como já vou delimitar a citação pelas minhas aspas duplas, substituo as aspas duplas do original por aspas simples. Escreve Gilberto Freyre: “É verdade que desde esses tempos remotos o ‘senhor’ se adoçou em ‘sinhô’, em nhonhô, em ‘ioiô’.”

A apóstrofo individual, que não se confunde com as aspas, serve ainda para coisas como mãe d’água, li n’Os Lusíadas (em alternativa a li em Os Lusíadas) ou Jesus, é a fé n’Ele que nos salva (em vez de nele). Estes usos vêm previstos no Acordo Ortográfico de 1990, Base XVIII.

| improve this answer | |
  • Já agora, como é que se colocam uns e outros com um teclado QWERTY PT? – João Pimentel Ferreira Jul 1 '19 at 18:34
  • 1
    @João, no meu computador, que é QWERTY, a mesma tecla serve de aspa simples e apóstrofo (tecla do ponto de interrogação). Isto é para Word: para aspas simples é o normal, quando primes a tecla a seguir a espaço, o Word abre aspa, isto é escreve-te uma vírgula invertida elevada; após letra, fecha aspa (vírgula elevada normal). Então para começar com apóstrofo, escrevo uma letra qualquer, seguido do apóstrofo (aí, come é a seguir a letra o Word "pensa" que estás a fechar a aspa), depois volto atrás e apago a letra. – Jacinto Jul 1 '19 at 20:24
  • Ou então prime Alt digitando ao mesmo tempo 0 1 4 6 no teclado numérico auxiliar. Aí ele escreve-te um apóstrofo independentemente do que estiver antes. – Jacinto Jul 1 '19 at 20:30

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.