10

Estes dias estive a pensar sobre as possíveis formas do plural de palavras terminadas em ão no Português. Consigo lembrar de 3 formas possíveis:

  1. Adição de s. P.ex. mão --> mãos
  2. Troca do ão por ões. P.ex. limão --> limões
  3. Troca do ão por ães. P.ex. alemão --> alemães

À primeira vista é difícil achar um padrão, visto que nos 3 exemplos acima todas as palavras terminam em mão, mas possuem plurais distintos. Imagino que haja explicação etimológica para estas diferenças, mas isto não é prático do ponto de vista daqueles que desejam aprender o idioma.

Existe uma regra que determine qual o plural de uma palavra terminada em ão?

  • Em geral não vai existir uma regra só, precisamente porque a explicação é etimológica. Para mim, o método mais "práctico", para além de memorização, é comparar com a palavra equivalente na língua espanhola. Mas me parece que isto não vai preencher os seus requisitos, porque não é útil para todos. – Dan Getz Nov 20 '15 at 16:54
  • @DanGetz Eu estava imaginando como um falante estrangeiro faria para aprender estes plurais. É algo que parece natural para um falante nativo (o plural errado soa estranho), mas sem sentido para quem precisa aprender sem ter uma base maior do idioma. Este tipo de aspectos naturais são comuns em outros idiomas e isso é algo que me incomoda ao (tentar) aprendê-los. – gmauch Nov 20 '15 at 17:12
  • Parece-me que há ainda uma regra que não vem no Ciberdúvidas: todas as palavras em -ção e -são derivadas de verbos forma plural em ões. Não tou a ver nenhuma exceção. – Jacinto Nov 20 '15 at 18:32
  • @gmauch Os tags que escolheste parecem-me duvidosos. Se soubermos como se diz, também sabemos como escrever; portanto não me parece que seja uma questão ortográfica. Número-gramatical sugere-me questões de concordância. Por que não simplesmente plurais? – Jacinto Nov 20 '15 at 19:13
  • @Jacinto pois é, não fiquei muito satisfeito com as tags que achei. Pensei que plural fosse específica demais e não existiria ainda, porém me enganei! vou editar a questão! – gmauch Nov 20 '15 at 19:52
8

Infelizmente não há regra de jeito. Esta página do Ciberdúvidas, transcrevendo a gramática de Celso Cunha e Lindley Cintra, expõe a questão exaustivamente. O melhor que eu consigo sistematizar a informação é assim:

  1. A maioria das palavras formam plural em ões: balões, trovões, e leões. Incluem-se aqui todos os aumentativos: figurões, paspalhões e cabrões.
  2. Esta regra é da minha autoria. Com uma exceção, todas as oxítonas em -ção e -nsão, muitas, derivadas de verbos, formam plural em ões: dilatações, exportações, criações, tensões, apreensões, extensões. A exceção é loução, cujo plural é louçãos.
  3. Os monossílabos formam plural em ães, cães, pães, ou ãos: chãos, grãos, mãos, sãos e vãos. Creio que esta lista é exaustiva.
  4. Todos os paroxítonos (palavras acentuadas na penúltima sílaba) formam plural em ãos: bênçãos, órgãos, orégãos.
  5. Agora, há ainda um conjunto, pouco numeroso, de palavras que formam plural em ães ou ãos e que não estão incluidas nos pontos 2 e 3 acima. Por exemplo: cidadãos, irmãos, cristãos, capitães, bastiães, charlatães. A página do Ciberdúvidas indicada acima lista mais exemplos, mas fiquei sem perceber se a lista é exaustiva.
  6. Finalmente há ainda palavras que aceitam mais que um plural, como por exemplo: anãos ou anões, corrimãos ou corrimões, anciãos, anciões ou anciães. Novamente, não percebi se a lista apresentada no Ciberdúvidas é exaustiva.

Esta outra página do Ciberdúvidas explica que, tal como imaginaste, a forma do plural depende do étimo: -ãos vem do latim -anos; -ães, do latim -anes (canes, panes); e -ões, do latim -ones. Depois há ainda palavras que não vêm do latim, como limão, que veio do árabe, que tipicamente formam plural com ões simplesmente por ser esta a forma mais comum.

  • 1
    Não é que as palavras como limão, limões (e talvez as outras também) diziam-se limón, limones anteriormente? – tchrist Nov 21 '15 at 18:01
  • @tchrist Encontrei limoës e limoëes num tratado de cozinha de cerca de 1400. Do mesmo modo encontra-se no século XV coraçom, coraçon, coraçoes, coraçoões, coraçoens e coraçoeens. Agora se séculos antes se dizia limones, não sei. Nem sei quando é se nasalaram os -on, -ones latinos no galaico-português, se terá sido antes da chegada dos limões ou não. – Jacinto Nov 24 '15 at 18:06
  • 1
    @Jacinto aqui pelo norte ainda se diz coraçon ;) – Jorge B. Dec 21 '16 at 12:25
  • Há outra exceção ao segundo item: "benção ~ bençãos". – Seninha Nov 2 '17 at 18:06
  • @Seninha, bem observado; ainda por cima eu tenho essa palavra no ponto 4! – Jacinto Nov 2 '17 at 19:16
2

De uma maneira geral, palavras femininas oxítonas terminadas em "ão" formam plural em "ões":

Solução - soluções

Ilusão - ilusões

Frustração - frustrações

Canção - canções

A principal exceção é "mão", plural "mãos".

Palavras masculinas oxítonas terminadas em "ão" cujo feminino termina em "oa" ou "ona", que não têm feminino, ou cujo feminino é irregular também formam plural em "ões":

Leão - leoa - leões

Folião - foliona - foliões

Ladrão - ladra - ladrões

Limão - ??? - limões

As principais exceções são "pão", plural "pães", e "cão", plural "cães".

Palavras masculinas oxítonas terminadas em "ão" cujo feminino termina em "ã" formam plural em "ãos" ou "ães":

Artesão - artesã - artesãos

Alemão - alemã - alemães

Anão - anã - anãos (embora esta forma já seja arcaizante, tendo sido substituída por "anões")

Palavras paroxítonas terminadas em "ão" formam plura em "ãos".

Mas são regras aproximativas. A maneira segura de saber o plural correto é olhar o cognato espanhol - se existir, é claro:

Artesão - artisano - artesãos

Mão - mano - mãos

Anão - enano - anãos

Ladrão - ladrón - ladrões

Ilusão - ilusión - ilusões

Pão - pán - pães

Alemão - alemán - alemães

Parece-me que apenas "ões" é ainda produtivo no caso das oxítonas, portanto neologismos ou importações recentes terão plural em "ões":

Enrolação - enrolações

Cupão - cupões

Deletação - deletações

(Outra coisa: não existe "sufixo mão"; em todos os três exemplos citados, o "m" é parte da raiz. Nos casos de "limão" e "alemão", temos o sufixo "ão"; no caso de "mão", não há sufixo.)

1

Não, a distinção no singular perdeu-se e agora só sabendo a etimologia da palavra.

No entanto se souber a palavra em espanhol é fácil saber o plural em português:

alemán - alemão
alemanes - alemães

mano - mão
manos - mãos

limón - limão
limones - limões

Como se pode observar, em Espanhol se a palavra terminar em n adiciona-se es, em português isso traduz-se substituindo o n por um til na vogal que a precede. Quando a palavra termina em o, adiciona-se simplesmente um s.

0

Citando o artigo Plural de substantivos terminados em -ão no CiberDúvidas:

É tabeliães, verões ou verãos, órfãos, pães e demãos. Mas, como surgem muitas dúvidas sobre o plural das palavras assim terminadas, transcrevemos mais abaixo as «Regras especiais da formação do plural dos substantivos terminados em -ão», segundo a Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra.

Gramática do Português Contemporâneo de Celso Cunha e Lindley Cintra

Regras especiais:

  1. Os substantivos terminados em -ão formam o plural de três maneiras:

    a) a maioria muda a terminação -ão em ões:

    Singular Plural

    balão balões
    botão botões
    canção canções
    confissão confissões
    coração corações
    eleição eleições
    estação estações
    fracção fracções
    gavião gaviões
    leão leões
    nação nações
    operação operações
    opinião opiniões
    questão questões
    tubarão tubarões
    vulcão vulcões

  • Acho que esta citação incompleta só responde parcialmente à pergunta. – ANeves Nov 2 '17 at 13:40
  • Além do mais, essa citação já faz parte da resposta do Jacinto, que foi feita mais de um ano antes. – ANeves Nov 2 '17 at 13:42

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.