8

Em Portugal, correntemente, algumas palavras que possuem consoante muda têm a pronúncia diferente daquela usada no Brasil.

Algumas palavras comuns podem servir de exemplo: recepção e confecção. No Brasil, o p e o c, respectivamente, são pronunciados.

Alguma vez, em Portugal, essas consoantes já foram ditas? Se não, a partir de quando, no Brasil, tal pronúncia surgiu?

  • Apenas por curiosidade, pois não ficou claro pra mim. Em Portugal, essas palavras são pronunciadas sem as consoantes mudas? Algo como "receção"? – James Nov 11 '15 at 22:30
  • 1
    @James, sim, exactamente assim: "recéção". O p, em ep, é um indicador de que se precisa acentuar a vogal antecedente. – felipe.zkn Nov 11 '15 at 22:45
  • 1
    No local onde vivo(Guimarães) algumas pessoas dizem recepção(dizem o p) outras dizem receção(não leiem o p) – Inês Barata Feio Borges Nov 12 '15 at 0:23
  • 2
    Havia no português resmas de palavras com consoantes mudas, como assumpto, escriptor e auctor. Havia algumas que eram mudas no Brasil e não em Portugal, e vice-versa. O Brasil eliminou oficialmente as suas consoantes mudas em 1943, Portugal eliminou as suas em 1911, exceto as precedidas de vogal aberta, como em espectáculo (há muito tempo pronunciado espetáculo). Estas foram agora eliminadas com o acordo ortográfico de 1990. Quando é que consoantes deixaram de ser ou passaram a ser pronunciadas em cada país, não sei dizer, mas imagino que varie de palavra para palavra. – Jacinto Nov 13 '15 at 13:39
  • 1
    Atenção que as consoantes mudas não têm qualquer papel de abrir vogais, simplesmente esse foi um critério, entre outros, para manter consoantes mudas na escrita. Há vogais abertas sem consoante: translação, inflação, etc, e vogais fechadas com consoante: actriz, actualidade, etc. – Rui Fonseca May 15 at 16:21

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Browse other questions tagged or ask your own question.