8

Em português é preciso usar o artigo antes os nomes próprios (o João, a Susana etc). No caso de empresas, é frequentemente feminino (a Microsoft, a Apple), mas eu também vi o masculino usado (o Google, o Facebook).

A minha pergunta: há regras / heurísticas por isso ou é completamente aleatório é preciso aprender as formas diferentes?

Ou seria que "o Facebook" venha de "o site / sítio Facebook"?

  • 1
    Relacionado: portuguese.stackexchange.com/questions/487/… – Yuuza Oct 29 '15 at 21:03
  • 1
    Na verdade, não é sempre preciso usar artigo antes de nome de pessoa. É comum omiti-lo na escrita e, em regiões do Brasil, mesmo na fala. E qualifiquei o 'não é preciso' com o 'sempre' só porque, pelo menos em Portugal, na fala nome nome de pessoa sem artigo soaria estranho e emproado. – Jacinto Oct 30 '15 at 7:57
  • Depende! Às vezes é complicado, assim como nomes de cidade. Mas em geral você está certo tipo: A (empresa) Wolkswagen frabrica o (carro) Wolkswagen. Google já vi em ambos os gêneros, algo tipo: A (empresa) Google mantém o (buscador/site) Google. Na dúvida use A empresa acme que dai você não corre o risco de errar – jean Oct 30 '15 at 12:28
6

Uma rápida observação nos permite concluir que usa-se muito mais o artigo definido feminino quando nos referimos a empresas e marcas.

  • a Microsoft, a Apple, a Pfizer, a Medtronic, a Sony, a C.I.A., a Universal Films, a Longmans, a Lindt, a Nestlé, a Volkswagen, a Ford, a Honda, a Citroën, a Nike, a Adidas, a Motorola, a Samsung, a Longman, a Oxford University Press, a La Roche-Posay, a Nivea, a Shell, a Toyota, a Hyundai, a Chevron, a General Motors, a General Electric, a Hewlett-Packard, a IBM, a Mitsubishi, a Boeing, a Peugeot, a American Airlines, a Air Portugal, a Lufthansa, a/o Google(sim, uma parcela significativa da população diz "a Google" aqui no Brasil)

Poucos exemplos pude encontrar com o uso do artigo definido masculino.

  • o (site) Google, Facebook, Hotmail, IMDB, o (super-mercado) Walmart, Carrefour, o (banco) Citybank, Bank of America, Santander.

Minha conclusão é que, a princípio, usa-se o artigo no feminino provavelmente como se estivessemos nos referindo "à empresa tal", "à marca tal", etc. As exceções seriam os "bancos", os "sites" e os "super-mercados".

Contudo, em alguns casos podemos usar tanto o artigo masculino quanto o feminino, mas com uma diferença semântica.

  • "a Boeing fabricou 280 aeronaves em 2014" (empresa) x "o Boeing 747" (o avião)
  • "as ações da Honda..." (empresa) x "o Honda Civic" (o carro)
  • "a Lindt vai lançar um novo tipo..." (empresa) x "o Lindt que comprei" (o chocolate)
  • "a Volkswagen fez um recall de..." (empresa) x "o Volkswagen que está estacionado/aparcado aqui em frente" (o carro)
5

A regra geral é a de que se usa o feminino porque se subentende a palavra "empresa"/"companhia"/"sociedade"/"associação": a (empresa) Microsoft.

Mas há de facto exceções. Para algumas classes de empresas, subentendem-se outros termos como "banco":

(1) O [banco] Barclays escolheu o antigo banqueiro do [banco] JPMorgan, Jes Staley, para CEO.

No caso do J.P. Morgan, também se pode contudo usar o feminino. Porquê não sei.

Outro tipo de empresas com que subentende outra palavra são "fundo de investimento" e "supermercado":

(2) O [fundo] Mill Residential Reit, o primeiro fundo de investimento britânico que comprava casas para depois as colocar no mercado de arrendamento (conhecido como “buy-to-let”), encerrou menos de um ano depois de entrar na bolsa.
(3) O [supermercado] Lidl Portugal é mais uma vez a cadeia de distribuição que mais Maçã de Alcobaça embalada comprou e vendeu no decorrer da campanha de comercialização 2014/2015.

No entanto, se o fundo ou o supermercado for distinto da empresa que o detém, usar-se-á na mesma o feminino para a empresa.

O caso dos sites é mais ambíguo. Pode dizer-se "o/a Google" ou "o/a Yahoo" para referir a empresa (mas apenas "o" para referir o site). O masculino usar-se-á tanto mais quanto, na mente do falante, o site se confunde com a empresa.

A outra exceção ocorre quando o nome da empresa é um nome comum, mesmo que seja uma sigla ou até uma palavra inglesa (mas nesse caso menos marcado):

(4) Os CTT [Correios, Telégrafos e Telefones] foram privatizados em 2013.

Penso que é esta a principal razão por que "a Facebook" é muito incomum. "Book" significa "livro" em português, que é um nome masculino.

Este fenómeno ocorre com outros tipos de nomes:

(5) Compra isso antes na Amazon.

Repara que (5) se refere ao site, não à empresa e que mesmo assim se usa "a" ("Amazónia" é feminino).

  • Good. +1...... Também falamos na Amazon aqui no Brasil. Acho que é porque lembra "a Amazônia". Não entendi bem o nome do supermercado. Lidl ? Como se pronuncia isso ? – Centaurus Oct 29 '15 at 20:52
  • "Book" significa "livro" em português, que é masculina. - *masculino – ANeves Oct 29 '15 at 23:30
  • @ANeves A minha ideia era "que é (uma palavra) masculina". Mas alterei para ficar mais claro. – Artefacto Oct 29 '15 at 23:51
  • @Centaurus É uma cadeia alemã. Pronuncia-se como se escreve: youtube.com/watch?v=123vjAf2wqw – Artefacto Oct 29 '15 at 23:55

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.