7

Na seguintes frases:

Como vai?
Vou bem, obrigado.

O verbo ir parece atuar como verbo de ligação. Uma definição bem comum para verbo de ligação ou verbo copulativo é que se trata de verbo que não indica ação, e sim o estado (ou mudança de estado) do sujeito.

No site nova escola, Vânia Duarte considera que a classificação de um verbo de ligação dá-se pelo contexto. Ela cita dois exemplos:

O professor virou uma fera.
Vovó caiu doente.

Essa é mesmo a posição consensual das gramáticas (haja visto que elas geralmente listam os verbos ser, estar, permanecer, continuar, andar e parecer como exemplos de verbos de ligação)?

No caso,

Você foi bem na prova?

seria também o verbo ir como verbo de ligação?


Nota

O usuário @Artefacto me chamou atenção para o seguinte problema. O verbo ser e ir têm a mesma conjugação no pretérito perfeito. Então, no exemplo, ainda é possível colocar o verbo ir no presente.

Acha que vou bem nessa prova?

Esse não é o mesmo caso de

Acha que fui bom para sua vida?

Pois no tempo presente teríamos:

Acha que sou bom para sua vida?

  • 1
    Diria que no teu último último exemplo, você foi boa para sua mãe, o verbo ir não é bem verbo de ligação; é mais verbo ausente :) – Jacinto Oct 20 '15 at 9:46
  • 1
    "ser bem"? Querias dizer "você foi bom na prova?" – Artefacto Oct 20 '15 at 10:57
  • 1
    @Artefacto Talvez seja um brasilianismo, mas a expressão é mesmo "você foi bem na prova". – rdllopes Oct 20 '15 at 11:33
  • 1
    @Jacinto, foi um erro meu. "foi boa para sua mãe" precisa ser o verbo ser. Se mudar o tempo verbal isso fica evidente. – rdllopes Oct 20 '15 at 11:34
  • 1
    Ah é o verbo ir. Nesse caso faz mais algo sentido, embora em não se diga em Portugal (diríamos "a prova correu-te bem", "foste bom na prova", "portaste-te bem na prova"). – Artefacto Oct 20 '15 at 11:55
2

A frase é-me difícil de analisar porque "você foi bem nessa prova" não se diz em Portugal. Poderia dizer-se "a prova vai bem?", mas não "a prova foi bem?" (aí dir-se-ia "a prova correu bem?"), mas, em todo o caso, o que "vai" é a prova, não a pessoa.

Isto é importante porque o que determina se o verbo é de ligação ou não é se expressa um estado permanente ("ser"), transitório ("estar", "andar"), mudança de estado ("tornar-se", "ficar"), continuidade de estado ("permanecer", "continuar") ou aparência de estado ("parecer").

Vendo alguns exemplos na Internet, como este:

Ele foi bem na maioria dos jogos, mesmo nos que o Panathinaikos saiu derrotado.

parece-me que o significado é o mesmo de "estar bem" em Portugal. Um exemplo do CETEMPúblico:

O árbitro Pinto Correia esteve bem durante toda a primeira parte e durante quase toda a segunda.

Aqui "estar" aponta para um estado transitório, portanto será um verbo de ligação. Para não o ser, teria de expressar algum dos seus significados como verbo significativo (encontrar-se num lugar, visitar, custar, ter vestido, etc.).

| improve this answer | |

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.