9

No Brasil, diz-se que algo é "um saco" quando se fala de uma coisa muito chata, aborrecida. A expressão resvala no baixo calão, mas é bastante utilizada. Em Portugal, entendo que se use "é uma seca" em situações similares.

Dada as similaridades sintática, fonética e gráfica entre as expressões, cogitei que elas pudessem ter uma origem comum, ou que uma tenha originado a outra. Existe esse tipo de relação entre elas?

5
  • 1
    Boa pergunta. Nunca tinha pensado nisso. Excelente reatar de actividades aqui na comunidade!
    – Jacinto
    Oct 13 '15 at 18:47
  • Obrigado Jacinto! Tenho tido pouco tempo para participar, mas sempre que possível eu passo por aqui :)
    – bfavaretto
    Oct 13 '15 at 18:49
  • Calculei. E acho que um saco deve vir de encher o saco, e não tou a ver como é que isso teria a ver com seca, embora a existência de seca pudesse facilitar a autonomização de saco.
    – Jacinto
    Oct 13 '15 at 18:56
  • Pois é, ao pé da letra o sentido delas é bem diferente, mas o sentido figurado é semelhante. A dúvida surgiu ao escrever as duas lado a lado a um amigo português.
    – bfavaretto
    Oct 13 '15 at 19:01
  • 1
    Credo, gente. No Brasil, saco vem do saco escrotal. Me parece mais do que óbvio.
    – Lambie
    Mar 19 '17 at 16:45
8

Uma seca vem claramente do verbo secar, que também significa aborrecer, maçar. Dou pormenores mais abaixo. A primeira coisa que me veio à cabeça quanto a um saco foi uma relação com encher o saco e ficar de saco cheio. Encher o saco significa aborrecer, irritar, daí a relação.

Entretanto descobri a tese, apresentada sob o título duvidoso de etimologia falsa, de que um saco foi cunhado pelos estivadores nos portos brasileiros: uma pessoa chata seria como um saco pesado de carregar. Mais tarde passou-se a usar mala ou mala sem alça com o mesmo significado.

Saco é também no Brasil um palavrão com o significado de saco escrotal, e há uma variedade de expressões que parecem aludir a este significado: chuto no saco (problema, prejuízo), coçar o saco (estar sem fazer nada). Parece-me possível que este significado de saco tenha facilitado a sua adoção no sentido de pessoa chata. Há também a tese que este significado de saco está na origem da expressão encher o saco: o dito cujo ficaria cheio quando uma menina dava conversa, mas não mais que conversa.

Um saco poderá ainda ter sido influenciado por puxa-saco. Um puxa-saco (todas as definições relacionadas com saco estão no link acima) significa no Brasil um bajulador, lambe-botas, graxista. O consenso na net (isto é um exemplo) parece ser que a expressão tem origem militar: os soldados rasos carregavam servilmente os sacos de viagem dos seus superiores. Fora do meio militar, um puxa-saco poderá não ter sequer esta utilidade e ser ao mesmo tempo um tremendo saco.

Uma seca significa também um aborrecimento, maçada, tédio, ou aquele ou aquilo que causa esse aborrecimento, tédio, etc. Este significado compreende-se bem a partir duma progressão de significados de secar. Cito os mais relevantes dos quinze significados apresentados no Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa.

6 Fazer perder ou perder, vegetais, carne ou peixe, o teor de água neles existente, permitindo a sua conservação. Nesta região secam sobretudo damascos e ameixas. Os figos secavam ao sol.
7 Fazer perder ou perder, um vegetal, o viço; tornar ou ficar murcho ou seco.≈ Murchar. A geada tinha secado os rebentos da videira. As laranjeiras secaram.
13 Perder a robustez ou o vigor físico. ≈ Definhar, Emagrecer. A doença fê-lo secar. Depois da morte da mulher, o marido secou.
11 Familiar Aborrecer ou aborrecer-se, alguém, durante um certo período de tempo, devido a ausência de atividade ou a ocupações enfadonhas. ≈ Importunar, Maçar. Ele secou-me com mil e uma explicações que não interessavam nada. Sequei a tarde toda a ver televisão.
12 Familiar Ficar muito tempo à espera. ≈ Esperar. Secou duas horas à espera do autocarro (ónibus).

Passar do significado 6 ao 7 é trivial. Do 7 ao 13 também é relativamente óbvio: uma pessoa que perde vigor, que desfalece, tem semelhanças com uma planta que murcha. Aliás murcho significa também sem força, sem ânimo. Do 13 ao 11 também não é difícil de imaginar. Quando alguém nos dá uma seca valente, é como se definhássemos, perdêssemos o vigor. Aqui há talvez uma diferença entre dar uma seca e encher o saco: dar uma seca significa maçar, mas normalmente não irritar. O significado 12 é apenas um caso particular de 11.

A origem de uma seca no verbo secar parece-me não levantar dúvidas. A origem de um saco não é tão clara, mas parece-me provável que seja uma combinação de encher o saco até não aguentar mais com o significado de saco escrotal, talvez com a ajuda dos estivadores, sabe-se lá. Portanto parece-me que a expressão uma seca, quando muito, poderia ter facilitado o aparecimento de um saco: "aquele fulano é uma seca!" "Pior que uma seca, é um saco!"

4

Não creio que exista correlação entre "uma seca" e "um saco". "Um saco", talvés, tenha tido origem com os imigrantes italianos, pois na Itália usa-se "che palle", que pode ser traduzido perfeitamente como "que saco".

1

Não, o saco que a expressão se refere não é o escrotal e a expressão não é chula em sua origem.

No passado algumas cidades brasileiras contratavam pessoas para limpeza de rua, que só terminavam o turno e recebiam a féria do dia quando estavam com o saco cheio de sujeira.

Assim, estar de saco cheio acabou virando sinônimo de saturado, cansado, no limite, exausto, e com o tempo passou a ser usado para qualquer coisa que levasse a essas condições, inclusive chateações do dia a dia: "Já estou de saco cheio dessas músicas, vou para casa!".

Daí para dizer que algo é um saco foi um pulinho: "Esse filme é um saco, chega!".

1
  • Faz muito sentido o q está dito. Poderia colocar alguma referência?
    – Peixoto
    Jan 15 '18 at 21:16

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.