10

In Brazil, the phrase "voltar pra trás" is considered just as bad Portuguese as "entrar pra dentro" or "sair pra fora". Many a literate person will turn up the nose if they hear these phrases. In Portugal, however, I've often heard "voltar pra trás" (calm down, I never heard you say "entrar pra dentro" or "sair pra fora") from educated people. There is even a song "Oh tempo, volta pra trás, dá-me tudo que eu perdi..." where the phrase is used.

Is it considered an error by prescriptivists in Portugal? Is is accepted by descriptivists but considered a redundancy? Or is it just current usage and no purist is shocked on hearing it?

p.s. There is also the phrase "voltar atrás", which means "to change your decision or opinion" which is current usage in Brazil and perfectly acceptable. "Ele ia despedir o sub-gerente mas voltou atrás".

EM PORTUGUÊS No Brasil, a expressão "voltar pra trás" soa tão mal quanto "entrar pra dentro" ou "sair pra fora", pelo menos nos círuclos que frequento. Em Portugal, no entanto, tenho ouvido pessoas letradas usarem-na com relativa frequência. Essa redundância é considerada um erro em Portugal? É aceita como correta? Ou choca apenas os puristas?

1
3

PORTUGUÊS (In English below)

Eu vou mais longe que o Artefacto: em Portugal, voltar para trás está correto e significa retroceder (Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa). Por exemplo:

(a) Vi o João a correr pela rua acima. De repente parou e voltou para trás.

(b) Íamos pela estrada velha, mas a ponte ruíra. Tivemos que voltar para trás e procurar um caminho alternativo.

(c) Vera ia pela rua acima e encontrou uma bolsa. Então ela pegou a bolsa e voltou para trás.

Nos exemplos anteriores não seria possível substituir voltar para trás por voltar. Voltar sem mais complemento nenhum significa regressar ao lugar de permanência habitual ou onde se estava antes, como em (d) e (f) abaixo. Nos exemplos acima não há qualquer referência a esse lugar. Apenas se diz que o sujeito começou a deslocar-se em sentido contrário ao anterior. Em voltar para trás voltar tem o mesmo significado que em voltar para a direita. Exemplos do uso de voltar:

(d) Vamos a Londres, voltamos no sábado.

(e) Íamos pela estrada velha, mas a ponte ruíra. Tivemos que voltar à estrada principal e procurar um caminho alternativo.

(f) Claro que a Vera está aqui. Ela esquecera-se da bolsa no trabalho. Foi lá, pegou a bolsa e voltou, há mais de duas horas.

Creio que o OP ao escrever o título da pergunta estava a pensar numa situação como a (f). Em (f) voltar para trás estaria incorreto. Nos exemplos (a) a (c) está corretíssimo.

ENGLISH

I’ll go further than Artefacto: in Portugal, voltar para trás is correct and means to turn back (Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa). For instance:

(a) Vi o João a correr pela rua acima. De repente parou e voltou para trás. (I saw João running up the street. Suddenly he stopped and turned back.)

(b) Íamos pela estrada velha, mas a ponte ruíra. Tivemos que voltar para trás e procurar um caminho alternativo. (We were going along the old road, but the bridge had collapsed, and we had to turn back and look for another route.)

(c) Vera ia pela rua acima e encontrou uma bolsa. Então ela pegou a bolsa e voltou para trás. (Vera was going up the street and found a purse. Then she picked the purse and turned back.)

In the previous exemples it wouldn’t be possible to substitute voltar for voltar para trás. Voltar with no object means to go back to the place where one usually is or where one was before, as in (d) and (f) below. The examples above don’t mention, not even implicitly, such a place. They only state that the agent started going the way they had come. Voltar in voltar para trás (turn back) means the same as in voltar para a direita (turn to the right). Examples with voltar:

(d) Vamos a Londres, voltamos no sábado. (We’re going to London, we’ll come back Saturday.)

(e) Íamos pela estrada velha, mas a ponte ruíra. Tivemos que voltar à estrada principal e procurar um caminho alternativo. (We were going along the old road, but the bridge had collapsed, and we had to go back to the main road and look for another route.)

(f) Claro que a Vera está aqui. Ela esquecera-se da bolsa no trabalho. Foi lá, pegou a bolsa e voltou, há mais de duas horas. (Of course, Vera is here. She had forgotten her purse at work. She went there, picked the purse and has come back, over two hours ago.

I reckon the OP in his title was thinking in a situation as in (f). In (f) voltar para trás would be incorrect. In the examples (a) to (c) is absolutely correct.

11
  • No, Jacinto, I was thinking about "voltar pra trás" in any context. Many a Brazilian teacher of Portuguese would turn his/her nose up if he/she heard it from a Brazilian.
    – Centaurus
    Sep 21 '15 at 23:49
  • Cum laude, as usual.
    – Centaurus
    Sep 21 '15 at 23:52
  • Em Vi o João a correr pela rua acima. De repente parou e voltou, qual seria o ponto de origem?
    – bfavaretto
    Sep 22 '15 at 20:17
  • Não se sabe. Se dissesses isso em Portugal, perguntavam-te logo: voltou para onde?. Tenho que mudar isso do ponto de origem. Quando nós, em Portugal, dizemos voltar sem mais nada, queremos dizer voltar para junto do locutor ou para o lugar de permanência habitual (casa, posto de trabalho, onde esperarias que ele estivesse nesse momento): ele não está no gabinete dele? Espera que ele deve voltar já
    – Jacinto
    Sep 22 '15 at 20:27
  • @Centaurus Então qual é a maneira aceitável de exprimir as ideias em (a) a (c) no Brazil?
    – Jacinto
    Sep 22 '15 at 20:30
8

I can't speak for purists, but voltar para trás doesn't shock me at all. Part of the reason is that voltar has many meanings, and adding para trás helps to disambiguate. Take your sentence:

Oh tempo, volta pra trás, dá-me tudo que eu perdi...

If you removed para trás, the meaning could be subtly different. Telling time to "voltar para trás" means telling it to rewind (recuar), whereas "Oh tempo, volta" may be interpreted as you telling a specific period of time to materialize in the current time (regressar). In the end, the meaning is not so different in this figurative use, but the mental picture is markedly so.

This happens with other verbs that may mean but don't necessarily mean "go back". Like the other song says "ora arreda lá para trás".

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.