11

Qual a origem da palavra "piriguete" (ou "periguete")? Há alguma relação entre essa palavra e a expressão "[estar] a perigo"? (gíria mais antiga, e acredito que hoje em dia bem menos usada)

Algumas definições dizem que o termo teve origem em Salvador, mas não falam muito mais sobre o mesmo. Um exemplo de definição (há outras):

Piriguete é adjetivo e substantivo feminino, também denominada Piri, é uma gíria brasileira que designa uma mulher que troca de parceiro sexual frequentemente, normalmente jovem, de acesso fácil e/ou que tem múltiplos parceiros e tem uma preocupação excessiva em exibir os nuances do seu corpo. Geralmente anda em grupos com outras moças que compartilhem os mesmos valores.

O termo teve origem em Salvador, capital da Bahia.

E sobre a expressão "a perigo" (gíria):

  • estar a perigo: estar necessitado de sexo ou dinheiro
10

Aparentemente a palavra teve sua origem na periferia de Salvador, Bahia. A televisão incumbiu-se de divulgá-la para todo o Brasil, principalmente através das novelas, e já está incluída na nova edição do Aurélio, a ser lançada no próximo dia 11 de setembro onde tem uma definição mais branda: “moça ou mulher que não tendo namorado, apenas demonstra interesse por qualquer um”. Da mesma forma que muitas outras gírias que chegaram e se foram com a mesma facilidade, pode ser que daqui a dez anos ninguém mais esteja usando esse termo.

  • Piriguete - Mulher fácil, vai para baladas a procura de todos os tipos de homens para pagar tudo para elas, pois sempre saem sem dinheiro. Geralmente, quase sempre transam na primeira noite.

  • Piriguete é uma gíria na língua portuguesa, considerada como um termo pejorativo, usado para descrever uma mulher fútil, que só pensa em diversão e prazer. Periguetes são as mulheres independentes e liberais, que procuram ter várias relações sexuais sem estabelecer um critério muito assertivo para as suas escolhas.

  • 2
    Ok, então pelo que vejo não há relação alguma com a outra expressão. Pois segundo sua primeira referência essa palavra "é fruto da junção das palavras "perigosa" e "girl" (garota em inglês), porém o “ete” foi adaptado para dar soar melhor." Sempre estranhei a semelhança, mas pelo visto foi coisa da minha cabeça mesmo... – mgibsonbr Sep 2 '15 at 2:38
  • 1
    Essas citações são desagradavelmente preconceituosas. Particularmente a segunda, em que "mulher fútil que só pensa em diversão e prazer" é imediatamente equiparada a "mulheres independentes e liberais". – Luís Henrique Jul 27 '16 at 10:50
  • 3
    A ideia, contida no primeiro link, de que a palavra deriva de perigo+girl me parece completamente fantasiosa. Se assim fosse, seria periguel ou perigal, nunca periguete. O "g" já está em perigo, e o "irl" desaparece completamente no neologismo. Logo, se a palavra deriva de perigo - e eu não sei se é o caso - teria de ser "perigo" + "ete" (do francês, onde é diminutivo feminino), sufixo não raro no português brasileiro - garçonete, quitinete, chacrete, olavete. – Luís Henrique Jul 27 '16 at 20:03
0

A palavra é mais sutil do que isto e mostra como o imaginário social, recupera palavras antigas.

O deus Dionísio, também chamado de Baco, era chamado Pyriguenés, que significa "nascido do fogo". Esta é uma referência a fecundação que o deus Zeus fez com o seu raio, em sua mãe Sêmele, numa referência aos ritos de hierogamos, na qual uma mulher ou sacerdotisa, era oferecida a um deus ou a um guerreiro para copular, a fim de originar a criança sagrada.

A palavra "piriguete", apesar de ser uma referência soteropolitana, ela traz uma origem mais antiga. Interessante, que Sêmele era uma princesa linda e desejava Zeus em todo seu esplendor, morrendo fulminada ao vê-lo, o que a fez conceber precocemente o deus Dionísio, que foi gestado na "coxa divina" de Zeus.

Interessante que as mulheres chamadas "píriguetes" acabam grávidas precocemente, muitas delas não sabem quem é o pai, o que leva a muitos dizerem que seus filhos em geral, são feito nas "coxas". Uma forma depreciativa de sinalizar que não foi feito planejamento e a menina se deu mal.

  • 3
    Cláudio, bem-vindo ao site. A tese na tua resposta é muito interessante, mas deverias incluir fontes que a sustentem. – Jacinto Jul 26 '16 at 20:07
  • 1
    A expressão "nas coxas" não tem essa conotação sexual que você procura dar a ela. E, é claro, duvido muito que uma expressão cunhada na periferia de Salvador tenha algo a ver com mitologia grega... – Luís Henrique Jul 27 '16 at 10:52
  • Sobre a expressão "feito nas coxas", temos uma pergunta muito interessante cá no portuguese.SE - que vos aconselho a lerem. – ANeves May 22 '17 at 12:59
-1

Desculpa mas tem uns erros na sua explicação. Periguete significa perigo inferior. A origem é da palavra perigo mais ete que é sufixo e significa inferior.

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.