Portuguese Language Stack Exchange is a question and answer site for linguists, teachers and learners wanting to discuss the finer points of the Portuguese language. Join them; it only takes a minute:

Sign up
Here's how it works:
  1. Anybody can ask a question
  2. Anybody can answer
  3. The best answers are voted up and rise to the top

Qual o artigo usar quando usamos uma palavra em inglês que não tem uma clara tradução para o português?

Citando um exemplo: é "o" thread ou é "a" thread?

share|improve this question

A regra é tomar o nome de uma palavra análoga em português que esteja mais ou menos próxima (pode por exemplo ser um hiperónimo). O género adotado também pode estar relacionado com características morfológicas, por exemplo um -a final tenderá a levar a palavra para o feminino. Poderá ser o caso em: influenza, cantata, coloratura, datcha, troika, ...

Em relação a thread, temos duas boas traduções, fio e linha, de dois géneros diferentes. Eu sempre ouvi (e disse) a thread (no sentido em que é usada em informática). Restringindo a sites .pt, o Google apresenta esta contagem de resultados, que confirma de certa forma a minha experiência:

site:pt "um thread": 1370
site:pt "uma thread": 6750 (5x)

A tendência é a mesma para sites .br, embora menos marcada:

site:br "um thread": 5540
site:br "uma thread": 16600 (3x)

share|improve this answer

Existem ínfimas palavras da língua inglesa que realmente não têm tradução em português. Normalmente o uso do vernáculo estrangeiro se dá por dois motivos:

  1. Falta de domínio na língua portuguesa (ou falta de domínio com ferramentas de busca/dicionários online na língua portuguesa).
  2. Costumes e jargões técnicos.
  3. Modismos. Normalmente a palavra é "aportuguesada".

Note que no Brasil há uma tolerância muito maior do que em Portugal no tocante ao uso de estrangeirismos. Mas ainda assim, depende do círculo social em que o discurso está inserido.

Em situações que a versão culta da língua é recomendada o recomendado é buscar exaustivamente a tradução.

Em casos como no item 2, normalmente costuma-se concordar o artigo com a tradução em português. No seu exemplo:

Thread pode significar linha. Linha é substantivo feminino. Logo, a concordância é no feminino. Neste sentido, usa-se linha.

No jargão de programadores, Thread quer dizer uma linha de execução do programa, uma tarefa. Então é comum em conversas coloquiais entre programadores, usar:

Este breakpoint parou a thread na linha onde a exceção foi lançada.

Aqui, breakpoint significa "ponto de parada", uma marca no código para que o programa executando em modo de debug (depuração) interrompa o processo (thread) ao passar por aquele.

Mas este diálogo trata-se de coloquialismo, aceito no meio técnico. Ainda assim, todos os termos têm tradução. Veja que a construção gramatical se aproxima do esperado pela língua inglesa. Se os termos traduzidos fossem inseridos, a frase ficaria confusa:

Este ponto de parada parou a tarefa na linha onde a exceção foi lançada.

Seria desejável:

A tarefa [thread] foi interrompido pelo ponto de parada [breakpoint] na linha onde a exceção foi lançada.

Por fim, é melhor usar o estilo itálico ao invés das aspas para dar destaque a palavras estrangeiras.

share|improve this answer
1  
Processo é diferente de thread (embora sejam conceitos próximos, inclusive em Linux -- o kernel -- não é feita distinção), por isso não podes simplesmente substituir as duas palavras, como fizeste no último exemplo. – Artefacto Mar 11 at 14:30
    
@Artefacto qual seria então a melhor tradução de thread no contexto da computação? – Mindwin Mar 11 at 16:24
    
Não me lembra alguma vez ter visto traduzido. – Artefacto Mar 11 at 18:58
    
Não me recordo de alguma vez ter visto "o thread", em contextos de programação. Mesmo na literatura oficial de faculdades, normalmente se trata como "a thread", em casos onde o material foi traduzido (na minha experiência ao menos!) – Thales Pereira Mar 11 at 19:17
    
@ThalesPereira sim, tens razão. Achei fontes traduzindo "thread" por tarefa / linha de execução. Vou usar esta. – Mindwin Mar 11 at 19:40

Não creio que em geral exista critério para decidir o género correto duma palavra estrangeira. Temos que esperar até que o uso consagre o masculino ou o feminino. Dito isto, andei por aí a ver o género preferido de substantivos estrangeiros que já cá andam há algum tempo, e encontrei uma preferência clara pelo género masculino. As exceções que encontrei são palavras que têm em português claramente um equivalente do género feminino (box, play list, boy band) e palavras que são femininas na língua original (bavaroise, piza).

Fiz um Google search em todos os sites (ao contrário do Artefacto, que viu só em sites .pt e .br) de frases em português. Depois vi a primeira página de resultados para ver se havia resultados em línguas estrangeiras ou falsos positivos em geral.

Curiosamente os meus resultados (todos em milhares), ao contrário dos do Artefacto, mostram uma preferência, mas não esmagadora, por thread masculino. A exceção é outra thread, ligeiramente mais numerosas que outro thread. Vi a primeira página de resultados, e o contexto é sempre programação. Imagino que as outras frases apanhem sobretudo treads com significado de discussão, o que sugere uma possível diferença entre programadores não programadores.

                      Feminino   Masculino
Outra/outro thread      33,6        28,9
Um/uma thread           84,9       157
Um/uma thread sobre      7,83       20
O/a thread sobre         4,93       21,2
Esse/essa thread        32,40       80
Vi um/uma thread         3,13       11
Vários/Várias threads    7,2        23,4

Para a pesquisa geral, procurei as palavras estrangeiras duma lista que tinha elaborado há uns meses para esta resposta (o que significa que não as escolhi por serem masculina ou femininas), e juntei-lhes play list e playstation por suspeitar serem femininas, já que têm equivalentes femininos em português. Mas a playstation trocou-me as voltas: é preferencialmente masculino. Parece-me que isto se deve ao Brasil, e que em Portugal o género feminino é o preferido. Para muitas das palavras preferencialmente masculinas existe um equivalente português masculino, mas para muitas outras não existe (blog, bluff, boom, Big Bang, etc.). Para um/uma bodyboard, break dance e buldózer o equivalente português é até feminino (prancha, dança, retroescavadora) e ainda assim a palavra foi para o masculino. Parece haver mesmo uma preferência pelo masculino.

                        Fem.    Masc.                           Fem.   Masc.
Liguei a/o box           2,6     0,0     Comprei um/a body       1,0     3,1
As/os boy bands         12,4     0,2     Um/a body board         0,1     1,2
Uma/um bavaroise         1,7     0,3     Um/a bodyboard          0,6     3,4
Uma/um playlist        389,0    33,9     Um/a boom               1,6   272,0
Um/uma playstation      26,7   286,6     Comprei uns/as boxers   0,0     0,2
Um/a baby grow/babygrow  0,0     3,5     Um/a brandy -moto(s)    0,3     8,8
Um/uma backup/back up    5,6   483,0     O/a breakdance foi+é    0,1     1,2
Muito/muita bacon        0,1    19,8     Um/a browser            0,8   397,0
Sobre o/a Big Bang      29,4    92,8     Um/a bug                2,8   472,0
Muitos/as bits           0,0     4,1     Um/a bul(l)dózer        1,1     8,4
Um/a bitmap              0,7    21,1     O/a bungee-jumping é    0,0     1,1
Vesti um/a blazer        0,0     1,3     Um/a bunker             0,5    76,4
Um/a blog sobre          2,1   549,0     Um/a byte               0,3    57,9
Um/a blogue sobre        0,0    37,7
Um/a bluff               0,2    15,0
share|improve this answer
    
Acho que o facto de teres alargado a pesquisa a todos os sites enviesou os resultados. Quando passamos a primeira página de "um thread" só se vê lixo. Quando restringimos os resultados a uma população apropriada, a tendência é clara para o feminino. Compara site:pt.stackoverflow.com "uma thread" (833) com site:pt.stackoverflow.com "uma thread" (167). – Artefacto Mar 11 at 20:26
    
@Artefacto Foi por isso que eu vi as outras frases mais longas. – Jacinto Mar 11 at 20:30
    
E já agora, dizer que «o género preferido de substantivos estrangeiros que já cá andam há algum tempo, e encontrei uma preferência clara pelo género masculino» só por si não prova que existe uma tendência para atribuir o masculino indepedentemente de outras considerações como a palavra portuguesa mais próxima, temos de comparar, em primeiro lugar com a proporção das outras palavras ou (melhor) com as palavras portuguesas mais próximas. – Artefacto Mar 11 at 20:31
    
Parece que no Brasil há tendência para usar o masculino quando se trata de thread no contexto de um fórum/e-mail (mas não no contexto de programação). Se limitarmos os resultados a .pt ou site:pt.stackoverflow.com, o feminino tem consistentemente ~5x mais resultados. – Artefacto Mar 11 at 20:40
    
@Artefacto Foi isso que eu fiz no último parágrafo. Que considerações é que tu vês para bluff, blog, Big Bang ou boom serem masculinos? – Jacinto Mar 11 at 20:41

Your Answer

 
discard

By posting your answer, you agree to the privacy policy and terms of service.

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.